quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Já la vão as duas badaladas...
Ai o sono que não vem
e o meu pensamento que não para,
dispara gatilho dispara,
dispara mas deixa-lhe meu sorriso...
O sorriso que ela guarda!
Oh sorriso..
acorda-a bem cedinho
e da-lhe um beijinho,
diz-lhe também bom dia...
Era tudo o que eu queria!

5 comentários:

Anônimo disse...

Continua a sorrir para mim...
Esboça o mesmo sorriso uma e outra vez...e muitas!
Esse sorriso que me delicia, me inquieta e me enternece!

Beijinho grande sentido com o coração e outro sentido com os meus lábios no teu ombro... *

Algodão doce disse...

Gosto tanto deste espaço mas mais das palavras *.*

Lenore. disse...

adorei , adorei :)
os poemas estão sempre todos tão bonitos *-*
beijinho *

catxinha disse...

Gosto tanto destes poemas :)
Um beijinho*

Paradoxos disse...

poderoso!!!

abraços